Skip to content

Meu carro foi para o Detran, e agora?

Nuvem de Tags

Your browser doesn't support the HTML5 CANVAS tag.

Terror de muitos, quando o carro é apreendido pelo Detran, parece que seu mundo desaba. Mas, você já se perguntou o por quê acontece isso? Ou melhor, como se livrar logo desse pátio onde seu carro está? Nós da Império das Baterias em Santos vamos te responder e tirar qualquer dúvida referente a isso! Afinal, não dá para ficar esperando e não fazer nada.

Motivos que levam seu carro para o pátio do Detran

Existem dezenas de motivos que podem fazer com que seu veículo automotivo seja apreendido para o pátio do Detran, os principais são: conduzir veículo sem registro e sem licença; veículo sem lacre, chassi, placa, selo ou qualquer outra identificação; dirigir veículo sem CNH, com CNH vencida a mais de 30 dias, cassada, suspensa ou com categoria diferente do veículo.

Entretanto, existem outros motivos que podem ser decisivos para levarem seu carro até o Detran: entregar a condução para pessoa sem CNH; não parar o carro em um bloqueio policial; fazer manobras perigosas, derrapagem, cavalo de pau, frenagens ruidosas; conduzir o veículo sem o para-brisas ligado durante período de chuva ou com passageiros em compartimento de carga; utilizar aparelho de alarme indevido.

Ou seja, tem diversas infrações que podem fazer com que seu carro fique no pátio e que pode te deixar com preocupações, afinal, quanto mais tempo deixar no Detran, mais complicado fica para retirar o carro, vamos explicar a seguir.

Como tirar seu carro do pátio do Detran?

Império-Baterias-Santos-12-2017-(Meu-carro-foi-para-o-Detran,-e-agora) - A

Tome cuidado, carro muito tempo parado no Detran pode ir para leilão!

Primeiramente, é necessário ver que órgão fez a apreensão e em qual local foi feito. Para isso, basta ver no Comprovante de Recolhimento ou Renovação (CRR) ou Auto de Recolhimento de Documento (ARD) a Unidade de Polícia Militar que realizou a ação e chegue com um desses documentos, além de outros necessários. Esses documentos incluem: RG e CPF originais e cópias, ou original e cópia da CNH com foto. Caso esse procedimento for feito há mais de 30 dias, mais documentos são solicitados: original e cópia do comprovante de pagamento do valor de transferência; original e cópia do comprovante de pagamento de débitos; cópia simples do formulário RENAVAM, caso a negociação foi feita há mais de um mês.

Resolva logo sua situação

É preciso ser rápido, pois há uma taxa de retirada, fixa dependendo do veículo, e variável de acordo com o tempo de estadia no pátio, que são as seguintes:

Retirada (fixa assim que chega no pátio)

Moto: R$ 146,40

Veículo leve: R$ 439,20

Veículo pesado: R$ 439,20

Ônibus: R$ 2.296,30

Estadia (diária)

Moto: R$ 11,40

Veículo leve: R$ 34,50

Veículo pesado: R$ 63,00

Ônibus: R$ 131,20

Lembrando que essas informações de valor são atualizadas com certa frequência, então o ideal é verificar no próprio site do Detran, no caso utilizamos o Detran SP, caso você não for de São Paulo, verifique a região que seu veículo foi apreendido!

Para mais informações sobre o universo dos carros, motos e caminhões, é só acessar nosso blog, pois tem muito conteúdo bem legal que certamente você não sabia, nós somos a Império das Baterias e temos orgulho de um bom atendimento! E não se esqueça de responder aqui nos comentários o seguinte: você já teve algum problema com o Detran?

Ainda não há comentário, adicione sua voz abaixo!


Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin