Search
Generic filters
Exact matches only

Nuvem de Tags

Your browser doesn't support the HTML5 CANVAS tag.

Uma bateria de carro possui algumas substâncias químicas que melhoram o processo de transmissão de energia para o veículo automotivo. Mas, sempre tem aquela dúvida sobre algo específico, como: onde jogar minha bateria? Saiba que na natureza não pode, quer saber por quê? Nós da Império das Baterias em Santos vamos te responder!

Uma pilha dura de 100 a 500 anos na natureza, isso por si só já é um tempo enorme. No caso da bateria automotiva dura infinitamente na natureza, não importando o local e em quais circunstâncias! Isso ocorre pelo fato da bateria automotiva ter um revestimento de chumbo, o que impede qualquer decomposição do produto.

Mas ainda há um outro problema, esse ainda maior, relacionado ao descarte irregular na natureza, os componentes químicos! Como toda bateria, mesmo passando de sua vida útil, há uma quantidade considerável de materiais químicos que são tóxicos. Deixados na natureza, pode contaminar o solo e, posteriormente, os animais.

A única solução para evitar isso é bem simples, descartar no lugar certo. Para isso, basta ir, na hora da compra de uma bateria de carro nova, dar a bateria velha e, além de proteger o meio ambiente, você ganha desconto no produto. Uma loja especializada em baterias automotivas, como a Império das Baterias, fornece a bateria antiga na fabricante, como a Moura e Heliar, na qual elimina a parte química do produto e reutiliza o chumbo para auxiliar na produção.

Esperamos que você não tenha mais dúvidas quanto a isso, mas se tiver qualquer outra dúvida sobre baterias automotivas, é só consultar o blog da Império das Baterias. Além disso, temos orgulho de um bom atendimento e podemos ajudar na aquisição da sua bateria nova, basta acessar a loja virtual! Até o próximo post!

Ainda não há comentário, adicione sua voz abaixo!


Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin